Skip to main content
Switch Language
  • Notícia

Sustentabilidade e redução do impacto ambiental dos setores têxtil, calçadista e coureiro

Entrevista com nossos especialistas

Colored yarn spools of industrial warping machine in textile factory

Novembro 23, 2020

As indústrias têxtil, calçadista, coureira e de vestuário estão sob constante pressão para promover a sustentabilidade em suas cadeias de suprimentos e minimizar o impacto de sua produção e distribuição sobre o meio ambiente e a saúde humana. Com a gestão adequada de substâncias químicas e programas de auditoria corretos, você pode encarar e superar os desafios de sustentabilidade na sua indústria.

Estamos trabalhando constantemente para proporcionar maneiras de você ampliar sua sustentabilidade nas indústrias têxtil, calçadista, coureira e de vestuário. Após nosso webinar sob demanda sobre gestão de substâncias químicas e cadeia de suprimentos sustentável, entrevistamos nossos especialistas Elisa Gavazza, Líder Global de Serviços de Varejo e Produtos de Consumo (CRS) em Gestão de Químicos da UL, e Peter Cheng, Líder de Meio Ambiente de Serviços de Varejo e Produtos de Consumo (CRS) na UL.

Leia a entrevista abaixo para entender melhor como as empresas do setor têxtil podem alcançar essa sustentabilidade em suas cadeias de suprimentos. Entre em contato conosco para conhecer melhor nosso vasto portfólio de serviços para as indústrias têxtil e coureira.

P: Posso realizar testes de águas residuais usando uma abordagem diferente daquela prevista no documento Orientações de Águas Residuais do Programa de Descarte Zero de Produtos Químicos Perigosos (ZDHC)?
Elisa: Sim, com certeza. Toda marca que não faça parte do ZDHC e não esteja disposta a enviar resultados de seus testes de águas residuais para o Chemical Gateway pode decidir sua abordagem de testes. Isso inclui definir, por exemplo, a frequência de amostragem, quais parâmetros incluir nos testes e como realizar a amostragem. A abordagem que você adotará pode depender de diversos fatores, sendo que um deles, sem dúvida alguma, é o seu compromisso e as metas que está disposto a atingir.

P: Começamos agora a tratar do tema de sustentabilidade e pedimos nossos fornecedores para cessar o uso de algumas substâncias químicas perigosas. O teste de água residual é a primeira etapa que devemos adotar?
Elisa: A abordagem escolhida pode variar para cada empresa. A UL normalmente sugere começar a jornada de sustentabilidade com treinamento e eventos informativos para a cadeia de suprimentos. Tais eventos possibilitam que você compartilhe seu compromisso, explique por que e como está disposto a ser mais sustentável e quais são as suas expectativas. Depois disso, você terá uma cadeia de suprimentos mais engajada, que é um dos pilares para se ter sucesso.

P: Qual é o processo básico do Higg FEM?
Peter: É um programa contínuo anualmente. Por exemplo, em 2019, você precisava contratar um módulo de auto-avaliação de 2018 e preencher os dados, publicando-os então na plataforma Higg e compartilhando com o cliente. A verificação pode ser realizada por um terceiro, caso exigido pelo seu cliente, a fim de garantir que o módulo esteja concluído e preciso. Em 2020, você começará outro ciclo ao contratar o FEM (Facility Environmental Module, ou Módulo Ambiental da Instalação, em tradução livre para o português) 2019 e preenchê-lo.

P: Qual é a diferença entre os programas BEPI e SAC Higg?
Peter: A BEPI é válida para todas as indústrias. Já o Higg é voltado para os setores têxtil, calçadista e de utensílios de casa, embora esteja ampliando sua área de atuação.

Sobre a aplicabilidade, apenas o produtor dos membros da BEPI pode aplicar auditorias de BEPI. No entanto, todas as fábricas podem se registrar para o programa Higg e preencher o formulário de auto-avaliação.

P: Quais são os benefícios dos programas BEPI e SAC Higg?
Peter: As finalidades dos programas BEPI e SAC são bastante similares, empregando uma abordagem comum para medir e avaliar o desempenho sustentável e proporcionar uma plataforma para compartilhar o resultado. A BEPI tem mais de 460 membros, enquanto o SAC tem mais de 200 membros das cadeias de suprimentos de setores de vestuário e calçadista, e é fácil compartilhar seu desempenho de sustentabilidade para várias marcas, utilizando a plataforma BEPI ou Higg.

Entre em contato conosco para conhecer melhor nosso portfólio de serviços para as indústrias têxtil e coureira.

Entrar em contato

Falar com um Especialista

Ajuda e suporte

Como podemos ajudar?